27/11/2016

Conselho amplia limite de financiamento de imóveis com recursos do FGTS, em Passo Fundo passa para até 800 mil.

fgts2 Os mutuários que comprarem imóveis novos e usados financiados com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ganharam um incentivo. O Conselho Monetário Nacional (CMN) ampliou hoje (24) o valor máximo dos empreendimentos que podem ser financiadas pelo Sistema Financeiro da Habitação (SFH), que cobra juros menores que os demais financiamentos de mercado.

Com a mudança, o teto de financiamento subiu de R$ 650 mil para R$ 800 mil na maior parte do país, como é o caso de Passo Fundo. No Distrito Federal, em Minas Gerais, no Rio de Janeiro e em São Paulo, o limite passou de R$ 750 mil para R$ 950 mil. A última vez em que esses limites tinham sido alterados foi em setembro de 2013.

leia mais…

Rafael Losch
Postado por: Rafael Losch

26/09/2016

Automação Residencial, você ainda vai ter uma e vai ser logo.

Com a evolução da tecnologia, uso intenso dos smartphones e cada vez mais a necessidade de praticidade e facilidade dentro das residências, a Automação Residencial se torna uma ferramenta essencial para diversas pessoas.

Mesmo sendo realidade e crescendo a cada dia, é comum o desconhecimento do poder que esta tecnologia tem e seus benefícios para quem a adquire. Pois bem, neste artigo tentaremos esclarecer o que de fato é e para que serve a Automação Residencial.

auto1

O que é?

A Automação Residencial é uma tecnologia que visa integrar diversos tipos de sistemas, como por exemplo,  iluminação, persianas e climatizadores para que seu controle seja feito de forma mais facilitada e por vezes autônoma, sem a intervenção humana.  Um exemplo disso, é a utilização de sensores de luminosidade que podem fechar as persianas para não danificar os móveis da residência.

leia mais…

Rafael Losch
Postado por: Rafael Losch

03/01/2016

2016 começa com novos limites no Minha Casa Minha Vida

Novos limites para financiamento de imóvel pelo Minha Casa, Minha Vida começam a valer segunda-feira.

Sorteados-Minha-Casa-Minha-Vida-Natal-–-RN

Começa a valer, na próxima segunda-feira, 4 de janeiro, o novo teto para financiamento de imóvel pelo programa Minha Casa, Minha Vida. Em Passo Fundo, por exemplo considerada uma capital regional, o limite do valor da casa ou apartamento passa a ser de R$ 160 mil.

As novas regras haviam sido publicadas no Diário Oficial da União de 15 de dezembro, em três portarias do Ministério das Cidades, e começam a valer na próxima segunda-feira, para todo o país. Antes disso, em outubro, o Conselho Curador do FGTS havia aprovado os novos valores.

Uma das mudanças é a nova divisão territorial dos limites. Rio Grande do Sul e Santa Catarina terão as mesmas taxas dos demais Estados da Região Sul, além de Minas Gerais e Espírito Santo, por exemplo.

Com isso, as compras de imóveis por financiamento que já estavam em negociação e deverão ser assinados a partir de segunda podem ser recalculadas para contemplar os novos limites. Para algumas capitais, como Porto Alegre, o limite chega a R$ 200 mil.

Para capitais regionais com  menos de 250 mil moradores, o teto passará para R$ 160 mil, como é o caso de Passo Fundo

Cidades com população entre 50 mil e 250 mil pessoas, o limite é de R$ 130 mil. Quando a população for de 20 mil a 50 mil, o teto será de R$ 100 mil e, nos demais municípios, de R$ 90 mil.

As portarias também alteram as faixas de renda que se enquadram nas categorias 2 e 3 do programa habitacional. Na faixa 2 do programa, famílias que ganham até R$ 2.350 brutos por mês pagam 5,5% de juros anuais.

Fonte: Zero Hora

Rafael Losch
Postado por: Rafael Losch

07/09/2015

VEM AÍ O MINHA CASA MINHA VIDA 3

Em meio às notícias de crise política, desemprego, alta do dólar e desaceleração da economia vem aí uma notícia que vai animar o mercado imobiliário. O Ministro das Cidades, Gilberto Kassab, comentou nessa semana que, até fim de outubro, será lançada  a terceira etapa do programa Minha Casa Minha Vida.

banner_minha_casa_minha_vida O Minha Casa Minha Vida é um programa do Governo federal destinado ao financiamento do primeiro imóvel. Para se habilitar ao crédito o interessado não pode ter imóvel em seu nome, deve ter renda entre R$ 1.600,00 e R$ 5.000,00 e não pode ter sido beneficiado por outro programa de financiamento habitacional. O Minha Casa Minha Vida utiliza recursos do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).

leia mais…

Rafael Losch
Postado por: Rafael Losch

10/08/2015

Prime Life – O metro quadrado mais inteligente do mercado

Passo Fundo por ser referência na prestação de serviços, comércio, polo de educação e de saúde, além de sediar importantes indústrias de diversos segmentos da economia, atrai cada vez mais pessoas para morar e trabalhar na cidade. Porém este crescimento é muito distante do que seria um crescimento sustentável. Sem espaços na área central, a construção civil se espalha e tudo (trabalho, lazer, compras e instituições de ensino) está cada vez mais distante de onde moramos. Ou seja, estamos ocupando mais espaços e perdendo muito tempo no trânsito quando existem alternativas que podem gerar melhor qualidade de vida para as pessoas, além de reduzir os impactos negativos da vida moderna nossa cidade.

leia mais…

Rafael Losch
Postado por: Rafael Losch

05/07/2015

Você sabe o que é “Home Equity”?

financiamento-imobiliario O “Home Equity” Empréstimo com garantia de imóvel é uma linha de crédito destinada à pessoa física, e tem como garantia do empréstimo o imóvel do credor.

Esta é uma modalidade de crédito que ainda não é tão conhecida no Brasil. Porém, em outros países é muito utilizada. Por aqui, o home equity credit line – que alguns bancos chamam equivocadamente de “refinanciamento de imóveis” – vem ganhando força nos últimos anos.

Por ter taxas mais atrativas e maiores prazos, tem se mostrado interessante para o consumidor que precisa de um empréstimo com um valor alto e que tenha um imóvel quitado para dar como garantia. Colocar o seu imóvel como garantia requer muita responsabilidade. Graças aos juros baixos, o home equity pode ser uma estratégia de crédito, mas você deve ter cautela – caso não honre o pagamento, perderá seu imóvel. Antes de contratar, analise as taxas e o montante oferecido. E, o principal: compare o CET das instituições e opte pelo menor – quanto menor o CET, menor o custo.

leia mais…

Rafael Losch
Postado por: Rafael Losch

31/05/2015

Mercado Imobiliário receberá 22,5 bilhões para o SFH.

muito-dinheiro-300x225 O Conselho Monetário Nacional (CMN) alterou as regras dos chamados depósitos compulsórios, que são os recursos dos bancos que firam retidos na autoridade monetária, incidentes sobre a poupança com o objetivo de direcionar R$ 22,5 bilhões para novas operações do Sistema Financeiro de Habitação (SFH), informou o Banco Central.

O Banco Central também informou que a alíquota dos compulsórios sobre depósitos a prazo será aumentada de 20% para 25% com retorno da remuneração integral desses depósitos à taxa Selic. Com o aumento, espera-se recolher a mais do sistema bancário cerca de R$ 25 bilhões, acrescentou a autoridade monetária. Essa alteração começa a vigorar em 31 de agosto de 2015.

leia mais…

Rafael Losch
Postado por: Rafael Losch

10/05/2015

Vanilla Sky, seu ponto de partida para uma vida ainda melhor

Lançamento da Alliança Engenharia e Construção em parceria com a Bortolini Imóveis chega ao mercado com grandes diferenciais e condições de pagamento facilitadas.

mini-fachada 15032015

Localizado na Av. Rui Barbosa, esquina com a Rua Afonso Pena,nos altos da Petrópolis, o Vanilla Sky Residence está situado em um dos pontos mais privilegiados da cidade, lugar alto, ensolarado, com uma maravilhosa vista do pôr do sol.

leia mais…

Rafael Losch
Postado por: Rafael Losch

08/04/2015

Chineses constroem o primeiro prédio do mundo feito com impressora 3D

china Nos últimos anos, as impressoras 3D têm evoluído rapidamente na versatilidade de objetos que são capazes de construir. Agora, a companhia chinesa WinSun chegou a um novo marco no setor: a construção do primeiro prédio do mundo feito a partir do uso desta tecnologia.

Criado com uma impressora 3D com uma tecnologia proprietária da companhia chinesa, que usa como matéria-prima uma mistura de resíduos industriais e materiais de construção, o edifício de cinco andares e área de 1.100 metros quadrados está exposto no Parque Industrial de Suzhou.

O prédio foi montado a partir das peças criadas por uma impressora 3D com 6,6 metros de altura, 10 metros de largura e 40 metros de comprimento, e teve a sua estrutura reforçada com metal para se enquadrar aos padrões de construção exigidos pelas autoridades. leia mais…

Rafael Losch
Postado por: Rafael Losch

14/03/2015

Australianos desenvolvem casa pré-fabricada que produz mais energia do que gasta

O desenvolvimento da tecnologia já permite o uso de energia que não agride o meio ambiente, fato comprovado no uso de combustíveis fósseis, hidroelétricas e similares. Pensando nisso, a empresa australiana de arquitetura ArchiBlox desenvolveu um protótipo de casa pré-fabricada que usa energia solar e tem carbono positivo.

archiblox5

Chamado de Archi+ Carbon Positive House, o modelo de teste está em exibição em uma praça pública de Melbourne, na Austrália, e apresenta um telhado “verde”, que devolve carbono à natureza. A casa é feita de materiais sustentáveis duráveis e de baixa manutenção e gera mais energia do que usa, não prejudicando o ambiente ao redor.

Uma das maneiras encontradas para poupar eletricidade foi construir janelas grandes que facilitam a entrada de luz natural durante boa parte do dia, além da disposição das paredes contribuir para a ventilação da casa. Para quem gosta de cultivar seu próprio alimento, há espaço em uma das paredes para uma horta vertical. Quando for comercializado, o modelo custará cerca de R$ 700 mil.

archiblox8

 

 

Rafael Losch
Postado por: Rafael Losch

  • Rafael Losch
  • +55 54 8403 2915
  • rafalosch@gmail.com